Haiti

Jean Price-Mars

Jean Price-Mars (1876-1969) foi um antropólogo, professor, diplomata e político haitiano, cujo trabalho antropológico examinou sobretudo a cultura e a religião populares haitianas, suas origens africanas e europeias, e sua relação com o colonialismo e a escravidão. Seus escritos e atuação como...

Jean Price-Mars

Jean Price-Mars (1876-1969) foi um antropólogo, professor, diplomata e político haitiano, cujo trabalho antropológico examinou sobretudo a cultura e a religião populares haitianas, suas origens africanas e europeias, e sua relação com o colonialismo e a escravidão. Seus escritos e atuação como intelectual público foram fundamentais para a constituição da antropologia em seu país; para a transformação da imaginação nacional haitiana; para a Négritude – movimento artístico e literário francófono das décadas de 1930 e 1940, que buscava valorizar e desenvolver as tradições culturais africanas e afrodiaspóricas – e para os pensamentos caribenho e pan-africanista.

Jean Price-Mars cresceu em uma família de classe média do norte do Haiti, recebeu uma educação religiosa de seu pai protestante e de sua avó católica (o que...

leia o conteúdo completo
p
autoria

João Felipe Gonçalves

palavras chave
Haiti, Négritude, Caribe, Jean-Price Mars
×

Le vaudou haïtien

Pouco mais de meio século após a sua primeira publicação, em 1958, Le vaudou haïtien, do antropólogo suíço naturalizado estadunidense, Alfred Métraux (1902-1963), se mantém, ainda hoje, como uma das principais referências para aqueles que se dedicam ao tema. Baseado em trabalho etnográfico...

Le vaudou haïtien

Pouco mais de meio século após a sua primeira publicação, em 1958, Le vaudou haïtien, do antropólogo suíço naturalizado estadunidense, Alfred Métraux (1902-1963), se mantém, ainda hoje, como uma das principais referências para aqueles que se dedicam ao tema. Baseado em trabalho etnográfico intensivo, o livro tem como objetivo realizar uma sistematização, até então inédita, do conhecimento sobre o vodu haitiano. Trata-se de uma tentativa de apreender a religião em sua totalidade, começando pela história e pelos contextos econômicos e sociais (temas do primeiro e segundo capítulos do livro); passando por sua cosmologia e rituais (abordados no terceiro e quarto), por suas ligações com a magia e a bruxaria (quinto capítulo), chegando, por fim, à sua profunda relação com o cristianismo (capítulo final). O vodu é considerado por Métraux um...

leia o conteúdo completo
V
autoria

Júlia Vilaça Goyatá e Flávia Freire Dalmaso

palavras chave
Haiti, vodu, religião
×
Subscrever Haiti